Como Escolher a Bomba de Vácuo com CFM Adequado?

Você certamente sabe do importante papel que a Bomba de Vácuo desempenha na refrigeração, não é? No entanto, mesmo técnicos experientes podem ficar confusos com a grande variedade de CFMs na ferramenta. Afinal, qual escolher? As de 5 CFM, 7 CFM ou 12 CFM? Simples ou Duplo Estágio? 

Por causa dessa diversidade, uma das dúvidas mais comum é sobre qual bomba de vácuo comprar. Nesse post, iremos explicar as principais diferenças entre as características para que você possa saber qual é a melhor para seu trabalho.

A importância da bomba de vácuo

Resumidamente, podemos dizer que o bom funcionamento do ar condicionado começa pela bomba de vácuo, visto que essa ferramenta é responsável por realizar a retirada de impurezas de dentro do sistema refrigerante.

5 CFM, 7 CFM ou 12 CFM? Afinal qual a importância disso?

O CFM nada mais é do que o volume de ar que a bomba consegue puxar por minuto.  Essa sigla, em inglês, representa Cubic Feet Minute, que significa “pés cúbicos por minutos”.

Sabendo isso, podemos falar que uma bomba de 7 CFM realiza o serviço mais rapidamente que uma de 5 CFM.

Apesar da informação acima, o CFM não altera a eficácia das ferramentas, apenas representa a rapidez do equipamento. Ou seja, ambas as bombas podem apresentar o mesmo resultado, com o diferencial de tempo que levou para alcançar o vácuo.

Simples estágio ou duplo?

A diferença entre a bomba de vácuo com simples estágio e a de duplo se encontra na eficácia do vácuo realizado, visto que a bomba de simples estágio possui apenas câmara de sucção enquanto a com duplo estágio possui duas câmaras.

As duas câmaras de sucção funcionam da seguinte forma:

A primeira câmara puxa os gases em vácuo profundo e os empurram para a segunda câmara em vácuo moderado. Nesse segundo estágio, os gases com o vácuo moderado são empurrados para atmosfera.

Detalhes que precisam ser levados em consideração:

Você sabia que o manifold pode acabar reduzindo a capacidade da bomba? Isso acontece porque o manifold, por ter passagens internas mais estreitas que a mangueira, pode limitar o vácuo.

Dessa forma, um manifold de menor qualidade limitará muito a bomba de vácuo, de modo que de nada adianta ter uma ferramenta de 12CFM se muitos manifolds acabam limitando o vácuo até 2CFM.

Independente do CFM da bomba, é importante que ela seja de duplo estágios, pois se você comprar uma bomba de vácuo de simples estágio ela nunca atingirá o vácuo profundo que uma bomba de 2 estágios é capaz de atingir.

Além disso, não podemos esquecer da importância da troca de óleo. Afinal, de nada adianta escolher uma bomba de vácuo superpotente com o óleo sujo, diminuindo sua capacidade de serviço.

Garanta um trabalho de qualidade!

Agora que você já sabe as principais diferenças e como escolher a bomba de vácuo ideal, confira nosso site e tenha acesso a maior variedade e qualidade em ferramentas para refrigeração.

Conteúdo da Postagem

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook

Leia outras publicações:

4 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras publicações: