Chegue aos 500 mícrons com sua Bomba de Vácuo

  • Dicas / Ferramentas
  • 1 Comentário
Chegue aos 500 mícrons com sua Bomba de Vácuo
Bombas de Vácuo são ferramentas vendidas nos modelos de 5 CFM até 12 CFM.

A bomba de vácuo é uma das principais ferramentas na rotina do técnico refrigerista, certo? Sua função é garantir que não existe nenhum tipo de umidade dentro do sistema de refrigeração, aumentando o rendimento do aparelho e prolongando sua vida útil. Mas, como chegar nos tão desejados 500 mícrons?

Você sente que demora demais para chegar no vácuo ideal? Acha que mesmo com uma bomba de alto CFM seu processo de vácuo ainda deixa a desejar? Pois acredite, essas dúvidas sobre a utilização da ferramenta são comuns até mesmo para técnicos mais experientes.

Então, se você quer tirar todas as suas dúvidas sobre o processo de vácuo, vem com a gente nesse post!

Por quanto tempo minha Bomba de Vácuo deve funcionar para alcançar 500 mícrons?

O vácuo indicado pela maior parte das fabricantes de refrigeração está entre 700 e 500 mícrons. É por isso que o processo de vácuo não deve ser medido pelo tempo e sim acompanhado atentamente por um vacuômetro.

A potência da bomba de vácuo influencia diretamente o fluxo de deslocamento de ar. Isso quer dizer que quanto maior o CFM, melhor será o desempenho e mais rápido você atingirá o vácuo ideal. Alguns dos tipos mais populares de bombas de vácuo disponíveis no mercado são as de 5 CFM, 7 CFM e 12 CFM.

Com os cuidados certos, sua Bomba de Vácuo pode chegar mais facilmente aos 500 mícrons.

A bombas de 5 CFM são ideais para trabalhos em sistemas de pequeno porte, tais como frigobares e geladeiras domésticas. Enquanto isso, as ferramentas de 7 CFM trabalham muito bem em sistemas de médio porte, tais como aparelhos de ar condicionado de até 9.000 BTUs.

Os aparelhos de 12 CFM são as bombas mais potentes disponíveis no mercado. Elas, portanto, são designadas para realizar vácuo em sistemas de grande porte, como câmaras frigoríficas e aparelhos de refrigeração de até 60.000 BTUs.

No entanto, mesmo com uma bomba de vácuo poderosa, você pode encontrar dificuldades durante o processo de retirada de umidade dos sistemas de refrigeração. Saiba que isso pode ocorrer devido a diversos fatores.

Por que minha Bomba de Vácuo não alcança 500 mícrons?

Mesmo com bombas de vácuo de alto CFM existem outros fatores que podem influenciar o desempenho da sua ferramenta. Quer saber quais? Então continue lendo.

Cheque o Óleo Lubrificante do seu equipamento

O óleo de lubrificação, por exemplo, é um fator que desempenha um papel essencial no funcionamento da ferramenta. O item deve ser armazenado em lugar seco e longe da luz do sol. Isso é necessário porque a variação de temperatura e umidade do ambiente pode influenciar a composição do produto, diminuindo suas propriedades lubrificantes.

O óleo de lubrificação é um item muito importante para que sua Bomba de Vácuo alcance os 500 mícrons.

Além disso, o óleo da bomba de vácuo deve ser trocado periodicamente, a cada 12 horas de funcionamento, aproximadamente. Antes de iniciar o processo de troca do óleo lubrificante da sua bomba de vácuo, deixe-a ligada por um tempo. Enquanto o óleo ainda estiver quente sua substituição vai ser muito mais fácil.

Como estão as mangueiras da sua bomba de vácuo?

A qualidade das mangueiras usadas durante o processo de vácuo é um fator muito importante. Por isso, procure sempre utilizar mangueiras com dupla camada de nylon, específicas para baixa pressão.

As mangueiras de vácuo são componentes muito importantes para o resultado final.

Atente-se também para o diâmetro das peças. Mangueiras de ⅜ são capazes de proporcionar um vácuo muito mais rápido sem o risco de avarias.

Lembre-se também de substituir o reparo de suas mangueiras de manifold sempre que necessário. Apesar de pequenas, essas peças são super importantes para que a vedação das mangueiras seja bem feito e, consequentemente, o processo de vácuo seja mais rápido.

Cuide bem da sua Bomba de Vácuo

Essas são práticas muito simples que podem afetar positivamente a performance da sua bomba de vácuo, além de prolongar a vida útil do equipamento.

Lembre-se também que para medir precisamente o seu processo de vácuo, a melhor ferramenta é o vacuômetro digital. Ele garante, portanto, a precisão e segurança que você precisará para medir a tão sonhada chegada aos 500 mícrons.

Gostou desse texto sobre cuidados com a Bomba de Vácuo? Então leia nossos outros artigos sobre o assunto.

Não escolha sua Bomba de Vácuo sem ler esse texto

Quais as ferramentas para medição mais importantes na refrigeração?

Como Escolher a Bomba de Vácuo com CFM Adequado?

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu